Como tratar a ejaculação precoce

Resultado de imagem para ejaculação precoce

Como tratar a ejaculação precoce

 

O QUE É EJACULAÇÃO PRECOCE?

É a ejaculação não controlada previamente ou logo após a penetração, acontecendo com estimulação sexual pequena e antes que a pessoa deseje.

A condição pode resultar num sexo insatisfatório para os 2 parceiros e, assim, levar a um aumento da ansiedade — que, por sua vez, pode agravar o problema. Está entre as disfunções sexuais mais comuns entre os homens.

O QUE CAUSA A EJACULAÇÃO PRECOCE?

A maioria dos casos não possui uma causa totalmente clara. Assim, ela pode ocorrer com um novo(a) parceiro(a); se há um intervalo muito grande da última ejaculação; fatores como culpa, ansiedade e depressão.

Em alguns casos, ela pode estar relacionada a uma causa fisiológica, como problemas de hormônios, lesões ou efeitos colaterais do uso contínuo de alguns medicamentos.

Resultado de imagem para ejaculação precoce

QUAIS SÃO OS SINTOMAS?

O principal sintoma da ejaculação precoce é a incapacidade de retardar a ejaculação por mais de 1 minuto após a penetração ou antes dela. Contudo, o problema pode ocorrer em todas as situações sexuais, mesmo durante a masturbação.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO?

O médico discutirá a história médica do paciente e realizará um exame físico completo. Porém, como a ejaculação precoce pode ter muitas causas, ele pode solicitar testes laboratoriais para descartar qualquer outro problema.

QUAIS OS TRATAMENTOS PARA EJACULAÇÃO PRECOCE?

As opções mais comuns de tratamento incluem técnicas de comportamento, anestésicos, medicamentos, psicoterapia e hipnose. Vale lembrar que pode levar algum tempo até encontrar o tratamento ou combinação de tratamentos que vão funcionar. Abaixo citamos alguns deles:

Técnicas Comportamentais

Em alguns casos, a terapia para a ejaculação precoce envolve medidas simples, como a masturbação 1 ou 2 horas antes da relação sexual para ser capaz de atrasar a ejaculação durante o sexo.

Exercícios Do Assoalho Pélvico

Quando há uma certa atrofia dos músculos do assoalho pélvico, a incapacidade de retardar a ejaculação pode ocorrer. Logo, fortalecer a região por meio de exercícios como os de “Kegel” podem ajudar.

Imagem relacionada

 

Técnicas De Controle

O médico pode instruir o treinamento de técnicas de controle que consistem em identificar e controlar as sensações prévias à ejaculação, interrompendo os estímulos por meio de mudanças de posição, contrações e pausas, para, em seguida, começar novamente.

Medicamentos Orais

Muitos medicamentos podem atrasar o orgasmo (mesmo não sendo indicados especificamente para tal). Antidepressivos, analgésicos e inibidores da fosfodiesterase-5 (usados para tratar disfunção erétil), como o Xtrasize comprar e a Viagra por exemplo. Eles podem ser prescritos para uso contínuo ou ocasionalmente.